facebook

Governador anuncia R$ 1 bilhão para fortalecer a saúde no Paraná

13/12/2023

Governador anuncia R$ 1 bilhão para fortalecer a saúde no Paraná

O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou nesta quarta-feira (6) o repasse de cerca de R$ 1 bilhão para fortalecer o atendimento de saúde no Paraná. O anúncio foi feito durante o evento Saúde em Movimento, promovido pela Secretaria estadual da Saúde (Sesa) em Foz do Iguaçu, na região Oeste. O evento reúne cerca de 2,2 mil pessoas, entre prefeitos, secretários municipais, representantes do Ministério da Saúde e profissionais da área.

Os recursos incluem a compra de ambulâncias, veículos e equipamentos para os municípios, além de obras e construção de unidades de saúde; repasses de custeio aos municípios para a Média e Alta Complexidade (MAC); a modernização dos hospitais universitários do Estado; custeio extra do teto de especialidades; convênios com hospitais filantrópicos; incremento de assistência ao parto e nascimento e a ampliação dos pontos de atenção da Linha de Cuidado em Saúde Mental.

O Governo do Estado também vai antecipar os pagamentos referentes aos meses de novembro e dezembro, que geralmente são feitos três meses depois, dos serviços prestados por mais de mil entidades hospitalares e ambulatoriais do Paraná, com o repasse R$ 208 milhões. A medida atende 166 hospitais e 849 ambulatórios do Estado. 

“Já tínhamos feitos repasses consideráveis para a saúde do Paraná ao longo do ano, e este novo recurso, que soma R$ 1 bilhão, vem em um momento importante, para garantir os atendimentos de saúde no final do ano em todo o Estado”, afirmou Ratinho Junior. “Estamos reforçando os caixas dos municípios e dos hospitais, que precisam fazer o pagamento do 13º, estão realizando um volume expressivo de cirurgias. É um reforço para que a saúde possa estar mais perto das pessoas”.

O governador destacou que é uma área que necessita de investimentos constantes. “Na saúde não tem missão cumprida. É necessário investir sempre, modernizar, introduzir tecnologia e estrutura para o atendimento da população”, disse. “E o mais importante é investir nos profissionais dessa área, porque nada substitui o atendimento humano na ponta, um bom serviço de saúde depende da confiança que os pacientes têm nos profissionais”. 

Hospitais que fazem o atendimento de Média e Alta Complexidade também terão adiantamento na recomposição do teto financeiro, recebendo R$ 63 milhões. Além disso, o Ministério da Saúde vai destinar ainda R$ 300 milhões ao Paraná para a recomposição do teto financeiro da oncologia.

“O Governo do Estado fecha o ano com recursos volumosos para os municípios e os hospitais parceiros, para auxiliar no caixa e garantir o atendimento de qualidade. É uma série de incentivos, com recursos próprios e apoio da Assembleia Legislativa, para reforçar a saúde do Paraná”, afirmou o secretário estadual da Saúde, Beto Preto. “Temos também um recurso importante do Ministério da Saúde para recompor o teto financeiro de oncologia do Paraná, o maior repasse na área e que foi negociado ao longo do ano”. 

Municípios 

Do total anunciado, R$ 260 milhões são de emendas dos parlamentares estaduais, por meio do programa Paraná Mais Cidades, uma parceria entre o Governo do Estado e a Assembleia Legislativa do Paraná para a distribuição de recursos para os municípios.

Em parceria com a Sesa, os recursos vão possibilitar a compra de ambulâncias, equipamentos, carros, vans, ônibus e investimentos em obras em unidades de saúde.

Outros R$ 160 milhões são para custeio do teto financeiro de Média e Alta Complexidade. O valor, formalizado pela Resolução Sesa nº 1.648/23, será dividido per capita entre os 399 municípios e garante o financiamento de serviços especializados na média e alta complexidade. 

O governo também repassou R$ 20 milhões do Tesouro do Estado para auxiliar com os gastos de saúde dos municípios que decretaram situação de emergência ou estado de calamidade pública, em razão das fortes chuvas que atingiram o Estado nos últimos meses.

“São investimentos que vão chegar diretamente à nossa população. Uma das nossas solicitações era que o dinheiro pudesse ser fundo a fundo, injetado diretamente aos municípios para pagar exames, consultas, medicamentos e até a folha de pagamento. É algo essencial para este fim de ano e que atende também as instituições hospitalares”, destacou o prefeito de Marilândia do Sul, Aquiles Takeda, que preside a Associação dos Consórcios e Associações Intermunicipais de Saúde do Paraná.

Saúde em movimento 

Realizado entre terça e sexta-feira em Foz do Iguaçu, a programação do evento Saúde em Movimento inclui o 2º Encontro Estadual do PlanificaSUS Paraná; o 2º Encontro de ACS e ACE em Ação; o 4º Acolhimento do Programa Mais Médicos para o Brasil; a 6ª Reunião da Comissão Intergestora Bipartite do Paraná; e a 313ª Reunião Ordinária do Conselho Estadual de Saúde do Paraná; entre outros eventos na área. 

Ações da Secretaria de Saúde de Mallet e do CIS Amcespar foram premiadas

A 4ª Região de Saúde teve dois trabalhos premiados durante o II Encontro Estadual do PlanificaSUS, em Foz do Iguaçu. Um dos trabalhos foi da Atenção Primária à Saúde (APS) do Município de Mallet, que apresentou os resultados do atendimento compartilhado entre equipes da APS, Atenção Ambulatorial Especializada (AAE) e Hospitalar.

O outro trabalho premiado foi do CIS Amcespar, pelos resultados do matriciamento aos municípios, que permitiu a aproximação das equipes do CIS e municípios, beneficiando muitos pacientes que precisam de um cuidado compartilhado para estabilizar sua condição crônica de médio e alto risco em saúde. No CIS, o trabalho foi desenvolvido pela direção do consórcio e pelas equipes do Modelo de Atenção às Condições Crônicas (MACC) e Centro de Atenção Psicosocial (CAPS II).

A diretora técnica e administrativa do CIS Amcespar, Angela Maria da Cruz Cardoso, comemora a premiação. “É uma enorme satisfação para toda a equipe do CIS Amcespar que participou direta e indiretamente desses resultados e que, merecidamente, teve o reconhecimento do trabalho prestado com excelência e amor aos pacientes dos nove municípios consorciados”, diz Ângela.

A presidente do CIS Amcespar, prefeita de Fernandes Pinheiro Cleonice Schuck, enalteceu as iniciativas da 4ª Região de Saúde premiadas. Sobretudo pelo fato de as experiências positivas da região servirem de modelo a outros municípios do Paraná e do Brasi.

"Muito orgulho e muita alegria saber que o trabalho, a dedicação e o compromisso com a saúde, a dedicação da equipe do CIS/Amcespar e de todos os secretários e equipes de saúde dos nossos municípios consorciados estão servindo de exemplo para o estado e para o país. E podendo assim contribuir com a melhoria na qualidade de vida das pessoas", afirmou Cleonice.

Texto: Agência Estadual

Fotos: Agência Estadual

Comentários

Edição 1594
  • Direitos Autorais

    Textos, fotos, artes e vídeos do Jornal Hoje Centro Sul estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. É expressamente proibido a reprodução do conteúdo do jornal (eletrônico ou impresso) em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização expressa do Jornal Hoje Centro Sul.

  • Endereço e Contato

    Rua Nossa Senhora de Fátima, no 661
    Centro, Irati, PR - CEP 84500-000

    Tel: (42) 3422-2461

  • Pauta: jornalismohojecentrosul@gmail.com

    Expediente: de segunda à sexta das 8h às 17h

JORNAL HOJE CENTRO SUL - © 2020 Todos os Direitos Reservados
Jornalista Responsável: Letícia Torres / MTB 4580